Luverdense bate Goiás em jogo para cumprir tabela na Série B: 1 a 0

Foto Arquivo SportSinop - Luverdense E.C.

Ricardo, em falha do goleiro Renan, faz o gol da vitória do time da casa. Partida é movimentada, apesar da relevância quase nula para a classificação.


A tabela de classificação do Campeonato Brasileiro da Série B pouco notou a vitória de 1 a 0 do Luverdense sobre o Goiás, na noite desta sexta-feira, no Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde-MT. As duas equipes foram a campo sem muito a oferecer à reta final da competição: não tinham chances de classificação à Série A - e tampouco corriam riscos de rebaixamento. Mesmo assim, fizeram duelo interessante, decidido em gol de Ricardo ainda no primeiro tempo.

O resultado referendou um pouco mais a boa campanha do time do Mato Grosso na Série B. O Luverdense subiu provisoriamente para o oitavo posto, com 55 pontos. O Goiás, com 47, é o 14º.


As duas equipes se despedem da Segundona na semana que vem. O Esmeraldino já vai a campo na terça-feira. Recebe o Sampaio Corrêa. O Luverdense, no sábado, visita o CRB.
Luverdense na frente
Para dois times sem nada a fazer no campeonato, até que Luverdense e Goiás fizeram um primeiro tempo animado. Mostraram boa movimentação - criaram alternativas ofensivas e forçaram os sistemas defensivos a trabalhar. O time de casa, embora passivo aos ataques adversários em boa parte do período, soube ser mais oportunista e pulou na frente.

O gol saiu aos 22 minutos. E foi em iniciativa individual de Ricardo. Ele avançou livre com a bola dominada, viu espaço para o chute e resolveu arriscar. Renan aceitou. O goleiro caiu mal, lento, e viu a bola entrar no cantinho: 1 a 0 para o LEC.
O jogo já era animado antes do gol - vide a bola na trave de Léo Gamalho para o Goiás. E ficou ainda mais depois de o Luverdense pular na frente. Walter, com a braçadeira de capitão e novamente muito acima do peso, começou a aparecer mais. Só não empatou o jogo porque Evandro conseguiu interromper conclusão do atacante em cima da linha. O LEC soube reagir: ou forçando Renan a boa defesa, ou beliscando a trave goiana.
Segundo tempo
As equipes se mantiveram interessadas no segundo tempo - com o Goiás tentando buscar o empate, e o Luverdense sem abdicar de atacar. Alex Alves perdeu gol feito para os visitantes logo no começo da etapa, e Renan fez bela defesa em cabeceio de Gabriel Valongo pouco depois. O goleiro voltaria a trabalhar em pancada de Raphael Macena aos 30.
Os últimos minutos do jogo foram de espaço para os dois times. O Goiás ficou com dez em campo depois de Felipe Macedo deixar a partida, lesionado - Gilson Kleina já tinha feito as três modificações. E o Luverdense teve Everton expulso em falta quase dentro da área - que Walter, na cobrança, não conseguiu aproveitar.
Fonte: SportSinop/Valcir Pereira e Por Lucas do Rio Verde, MT

Fotos: Redação/SportSinop


Tecnologia do Blogger.