Duas décadas sem título: conheça as "secas" dos times mato-grossenses

Foto: Edson Rodrigues/ Secom-MT - Lance de Dom Bosco e Sinop pelo Mato-grossense de 2007

Comemorar títulos é a maior glória de um torcedor. Nos últimos seis anos somente Cuiabá e Luverdense levantaram o troféu do Campeonato Mato-grossense. Mas essa “seca” dos demais não os diminuem, apenas reitera a paixão dos torcedores pelos seus clubes de coração. 

O GloboEsporte.com fez um levantamento para descobrir qual clube mato-grossense, entre os 10 que disputam a primeira divisão do estado, está há mais tempo sem comemorar um título estadual. Nos 73 anos da competição, que acontece desde 1943, o maior campeão é o Mixto, com 24 títulos. Seguido pelo Operário VG com 13. Dom Bosco e Cuiabá têm seis títulos cada. E entre esses maiores campeões está a maior “seca”. O Azulão da Colina lidera essa lista com 26 anos na espera, a última conquista foi em 1991.
O Sinop ostenta três troféus e tem o pioneirismo de ser o primeiro time do interior a conquistar o título mato-grossense, em 1990. O Galo do Norte ainda venceu em 98 e 99 e está em segundo na lista de espera por outro título, são 18 anos.
O Operário VG está na terceira posição com 15 anos na fila. O último título foi em 2002. O xará Operário FC levantou o único troféu em 2006 e está há 11 anos. Cacerense está na quinta colocação: 10 anos sem título. 
O Mixto, maior campeão, conquistou o seu último Mato-grossense em 2008, são nove anos de espera. O União não levanta o troféu há sete anos e está na sétima posição do ranking. No fim da lista estão o Araguaia, que tem somente três anos de vida e não tem título, Cuiabá, campeão em 2015 e Luverdense atual campeão estadual.
Maiores secas de Mato Grosso:
Dom Bosco – 26 anos
Sinop – 18 anos
Operário Várzea-grandense – 15 anos
Operário FC – 11 anos
Cacerense – 10 anos
Mixto – 9 anos
União – 7 anos
Araguaia – 3 anos
Cuiabá – 2 anos
Luverdense – 1 ano

Luverdense campeão mato-grossense de 2016 (Foto: Assessoria/FMF)Luverdense campeão mato-grossense de 2016 (Foto: Assessoria/FMF)
Fonte: SportSinop/Valcir Pereira e Por Cuiabá, MT


Fotos: Redação/SportSinop
Tecnologia do Blogger.