Júnior Rocha prega cautela para o duelo da volta contra o Rio Branco-ES

Foto: Júnior Rocha, Luverdense 2017, Mato-grossense

Para o técnico Júnior Rocha a goleada por 5 a 0 diante do Rio Branco-ES, na última quarta-feira pela ida das quartas de finais da Copa Verde não garante o Luverdense na semifinal da competição regional. Apesar do placar elástico, o treinador quer a equipe com espírito de mata-mata no jogo da volta.

- Não tem nada definido, foi um placar que dá uma boa vantagem para o jogo da volta. No futebol existem reviravoltas incríveis, então, temos que estar ligados para não sermos surpreendidos - disse o treinador Júnior Rocha à TV Centro América.
Em 15 jogos disputados, contando o Mato-Grossense, Copa Verde e Copa do Brasil, o Luverdense tem nove vitórias, cinco empates e apenas uma derrota. Entre as vitórias, a de 5 a 0 sobre o Rio Branco-ES, foi o maior da atual temporada.
- Temos que manter o padrão de jogo, respeitar os profissionais que estão no Rio Branco, mas vamos até lá para realizar uma boa partida e conquistar mais uma vitória. 
A equipe mato-grossense foi semifinalista em 2015, quando foi eliminada para o Cuiabá. Para repetir o feito, o Luverdense pode perder até por quatro gols de diferença, que mesmo assim avança à semifinal da Copa Verde.
Quem passar de Luverdense e Rio Branco-ES encara o vencedor do confronto entre Luizânia e Rondoniense. O jogo de ida terminou 3 a 3.
Rio Branco-ES e Luverdense voltam a se encontrar neste sábado, às 19h30 (de MT), no estádio Kleber Andrade, em Cariacica. Para avançar, o Rio Branco-ES precisa vencer por seis gols de diferença. Um 5 a 0 para os capixabas leva a decisão para os pênaltis.
Fonte: SportSinop/Valcir Pereira e Estagiário, sob supervisão de Olímpio Vasconcelos

Foto: Redação/SportSinop

Tecnologia do Blogger.