da

da

Liminar é derrubada e eleição na FMF vai ser realizada na data marcada, Próxima Quinta-Feira

Foto: FMF Reunida com Dirigentes de Clubes e Mato Grosso

Restando três dias para a eleição do novo presidente da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), a liminar que suspendia o pleito no dia 16 de março, foi derrubada pela desembargadora Clarice Claudino da Silva, da segunda câmara cível de Mato Grosso. A magistrada entendeu que o edital publicado em um jornal da capital atendeu a todos os requisitos exigidos no estatuto da FMF.
Na semana passada o juiz Yale Sabo Mendes, da 7ª vara cível de Cuiabá, havia determinado o cancelamento do processo eleitoral da FMF. Ele interpretou que os prazos para os registros de candidaturas não tinham cumprido o prazo mínimo de oito dias da data da publicação do edital. Logo após a notificação do pedido de cancelamento do pleito, a FMF recorreu da decisão no Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) e ela foi favorável nesta segunda-feira.
Foto Arquivo SportSiop - Aron Dresch Presidente do Cuiabá

Na decisão da desembargadora, o processo eleitoral não feriu o estatuto da entidade, uma vez que foi publicado por três vezes consecutivas em jornal de ampla circulação. Foi assinado pelo presidente e constou data e hora da assembleia, bem como delimitou o assunto a ser debatido. Segundo a magistrada, o prazo para registro de candidatura das chapas não é quesito obrigatório para constar no edital. 

O pedido de liminar tem o efeito suspensivo, e por isso os processos para a sequência do pleito da nova diretoria da FMF serão retomados. O presidente do Tribunal de Justiça Desportiva de Mato Grosso (TJD-MT), João Vicente Scaravelli, e o Presidente da Federação Mato-grossense de Futsal (FMFS), Pedro Verão, fazem parte da comissão de eleição, que vai julgar as chapas e comandar a assembleia eletiva.
São duas chapas concorrentes. A situação tem o candidato João Carlos de Oliveira, que é o atual mandatário da entidade, e pela oposição o candidato é Aron Dresch, presidente afastado do Cuiabá Esporte Clube. Ambos conseguiram as dez assinaturas dos clubes ou ligas amadoras, que têm direito a voto. Porém, como a eleição estava interrompida por uma liminar, a comissão ainda não teve tempo de julgar se há alguma irregularidade nas candidaturas. Scaravelli garantiu que até esta terça-feira eles analisarão as chapas.
O pleito está marcado para a próxima quinta-feira, às 9h, na sede da FMF. São 17 clubes e sete ligas amadoras, com direito a voto. Eles irão decidir o próximo presidente, que vai comandar o futebol mato-grossense nos próximos quatro anos.  
Fonte: SportSinop/Valcir Pereira e Globoesporte.com

Fotos: Redação/SportSinop


Tecnologia do Blogger.