da

da

Luverdense encerra jejum e goleia Brasil de Pelotas na despedida da Arena Pantanal: 04 à 00

Foto: Globoesporte.com - Estádio Passo Das Emas

RESUMÃO

  • DESTAQUE
    Acabou o jejum do Luverdense. Depois de sete rodadas, o Verdão do Norte finalmente venceu uma partida na Série B com a goleada sobre o Brasil de Pelotas por 4 a 0, nesta terça-feira, na Arena Pantanal, pela 7ª rodada. Os gols foram marcados por Ricardo (2), Sérgio Mota e Rafael Silva (pênalti), em jogo de dois tempos distintos. Se no primeiro, as equipes pouco criaram, no segundo o time mato-grossense dominou as ações chegou com mais perigo até construir o placar. O Xavate pouco fez e não conseguiu reagir.
Foto: Globoesporte.com - Lance de Luverdense E.C. e  Brasil de Pelotas

COMO FICA?
Com a vitória, o Luverdense foi aos 7 pontos na tabela e segue na zona de rebaixamento, em 17º lugar. O Brasil de Pelotas ficou com 8 pontos e perdeu quatro posições: agora é o 15º.
Foto: Globoesporte.com - Lance de Luverdense E.C. e  Brasil de Pelotas

PRÓXIMA RODADA
O Luverdense enfrenta o Ceará, fora de casa, na sexta-feira, às 20h30. O Brasil de Pelotas recebe o Vila Nova, sábado, às 19h.

Foto: Globoesporte.com - Lance de Luverdense E.C. e  Brasil de Pelotas

VOLTA PRA CASA
Depois de concluir as reformas no estádio Passo das Emas e mandar os laudos para a CBF, o Verdão do Norte pode comemorar o retorno pra casa na próxima partida como mandante. Foram quatro jogos na Arena Pantanal, com três empates e a vitória sobre o Brasil de Pelotas. O time reencontra seu torcedor em Lucas do Rio Verde no dia 23 de junho, contra o América-MG.
Foto: Globoesporte.com - Lance de Luverdense E.C. e  Brasil de Pelotas

GOL 500
O gol marcado por Ricardo que fechou a goleada em 4 a 0 foi o de número 500 da Arena Pantanal. Curiosamente o primeiro gol do estádio também foi do Luverdense. Em abril de 2014, o atacante Reinaldo marcou na vitória do Verdão sobre o Vasco, pela Série B daquele ano.


Foto: Globoesporte.com - Lance de Luverdense E.C. e  Brasil de Pelotas

O PRIMEIRO TEMPO

A partida começou quente. Após o Luverdense chegar com força pelo lado direito e Eduardo Martini afastar o perigo, o Brasil engatou um contra-ataque que terminou em chute no travessão de Elias. Os donos da casa escolheram o lado direito para atacar de novo aos 20 minutos. Aderlan recebeu lançamento às costas da defesa e cruzou para Rafael Silva pegar de primeira e mandar para fora.

Fraco tecnicamente, o jogo se encaminhou para o intervalo sem mais chances claras de gol. Aos 38, o Brasil chegou na área do Luverdense, e Bruno Lopes arriscou, mas mandou muito alto. Aos 46, Macena respondeu com chute cruzado que Martini defendeu sem mais problemas.

ETAPA FINAL E OS GOLS

Na volta do vestiário, porém, o LEC tratou de abrir o placar. Em lance pela direita, Moacir rolou para Erik, que fez o corta-luz e deixou Ricardo na boa para finalizar de fora da área no canto direito do gol xavante: 1 a 0. O mesmo Erik protagonizaria na sequência uma jogada bizarra. Ele invadiu a área e trombou com Rafael Ratão, chegando a cair no gramado. Fogo amigo na Arena Pantanal.

O Brasil ganhou velocidade. Aos 12, Marcinho bateu com perigo e Diogo Silva defendeu. Aos 14, de novo Marcinho avançou pela direita e errou o passe que deixaria Elias sozinho, na cara do gol.

Aí o Luverdense matou o jogo. Aos 23, Sérgio Mota, que recém havia entrado, entrou na área a dribles e bateu bonito no canto direito de Eduardo Martini para ampliar. No minuto seguinte, Éder Sciola fez pênalti em Rafael Silva. O mesmo atacante cobrou e fez o terceiro. Ainda houve tempo para Ricardo marcar o segundo dele em jogada bem trabalhada e fechar a goleada na Arena Pantanal.

Fonte: SportSinop/Valcir Pereira e Globoesporte.com

Fotos: Redação/SportSinop


Tecnologia do Blogger.