da

da

Empate com o Guarani sacramenta rebaixamento do Luverdense: 00 à 00

Foto: 24 Horasnews.com - Luverdense Cauiu para a Série C

Após quatro temporadas disputando a série B do futebol Brasileiro o Luverdense está rebaixado para a série C.


Após quatro temporadas disputando a série B do futebol Brasileiro o Luverdense está rebaixado para a série C.
Uma série de erros ao logo da temporada culminaram com a queda da equipe, na noite desta sexta-feira, em campinas.

A equipe comandada por Júnior Rocha, chegou a penúltima rodada precisando vencer o Guarani fora de casa, mas não passou de um melancólico 0 a 0. O Luverdense tinha que vencer para chegar a 43 pontos e ficar com mesma pontuação do time paulista deixando a decisão para a rodada final quando, teoricamente, levaria vantagem ao enfrentar o rebaixado Náutico e o Guarani enfrentará o Internacional, em Porto Alegre. Agora, com o empate, o Guarani fica com 44 pontos e o Luverdense com 41. Mesmo que vença o Náutico na última rodada e o Guarani perca, o Luverdense não sai da zona de rebaixamento por conta do número de vitória.
O jogo desta sexta-feira, foi fraco tecnicamente, com poucas oportunidades de gols para ambos os lados e mostrou claramente porque as duas equipes estavam brigando contra o rebaixamento.
Lisca adiantou que o Guarani, apesar de poder, não pensaria no empate logo de cara. A projeção se cumpriu em campo, com um time aguerrido para apertar a saída de bola e disposto a arriscar chutes de todas as formas. O Luverdense segurou o ímpeto bugrino e também criou oportunidades de estragar o clima no Brinco de Ouro. Rafael Silva só não marcou aos 32 minutos porque desviou por cima. Richarlyson respondeu de maneira mais perigosa, com um chute colocado que morreu no travessão. Foi a grande chance da etapa inicial.
Sem nada a perder, o Luverdense partiu para cima logo de cara e criou uma excelente chance de calar o Brinco. De novo com Rafael Silva, que recebeu de Douglas Baggio e chutou muito perto da trave direita de Leandro Santos. O lance preocupou Lisca, que abriu mão de Fumagalli para dar dinâmica ao time com Luiz Fernando. Mas nem assim o Guarani melhorou.
Até assustou em chutes de Betinho e do próprio Luiz Fernando, mas muito pouco para quem jogava em casa. Sérgio Mota teve nos pés a chance de dar a vitória ao time visitante, mas o chute com curva parou em Leandro Santos. Depois disso, o jogo caiu para a pancadaria, que causou duas expulsões no Luverdense. Paulinho teve a chance de sair como herói, mas, incrivelmente, apareceu cara a cara e chutou em cima de Diogo Silva.
GUARANI: Leandro Santos; Lenon, Diego Jussani, Willian Rocha e Salomão; Betinho, Baraka, Bruno Nazário, Fumagalli (Luiz Fernando) e Richarlyson (Paulinho); Bruno Mendes (Éverton Páscoa). Técnico: Lisca
LUVERDENSE: Diogo Silva; Aderlan, Pablo, William e Paulinho; Guly (Ricardo), Marcos Aurélio, Douglas Baggio (Léo Cereja); Rafael Ratão (Erik), Rafael Silva e Sérgio Mota. Técnico: Júnior Rocha.
Fonte: SportSinop/Valcir Pereira e Olho No Esporte MT

Fotos: Redação/SportSinop

Tecnologia do Blogger.