Câmara Municipal

Câmara Municipal

Com ‘pés no chão’, Dom Bosco busca a Série D

Foto: Assessoria Dom Bosco - Borges (d) conversa com os jogadores do Azulão

Um orçamento modesto, aposta em um técnico jovem e que mostrou ser competente, e a Série D como meta. Filosofia de trabalho e objetivos traçados pela Associação Leões da Colina para gerir o Clube Esportivo Dom Bosco no Campeonato Mato-grossense, conforme detalhou Paulo Borges Júnior, integrante da Aleco.A Associação assumiu o comando do futebol dombosquino após a saída da empresa Dom Bosco Ltda, com quem já vinha colaborando. Mais de 80 torcedores compõem a Aleco.


– Temos um orçamento modesto, enxuto, dentro do planejamento traçado conforme nossas possibilidades. Com patrocinadores ou não, estes membros vão bancar o que foi acertado até o final da competição – garantiu Borges, adiantando, no entanto, que “duas negociações para fechar patrocínio estão bem adiantadas, próxima de um acerto e podem ser oficializadas nos próximos dias” – uma grande rede de eletrodomésticos e uma construtora de Cuiabá negociam com o clube.
O elenco que se apresentou nesta segunda-feira treina na sede do Brasil Central, que possui uma das melhores estruturas do estado. “Inclusive já pagamos o aluguel do local, bem como fechamos uma parceria com o Hotel Abud, que está hospedando jogadores e comissão técnica”, informou o torcedor alviceleste, cujo pai fez parte da diretoria do Leão da Colina “nos grandes tempos do futebol do clube e de Mato Grosso”.
Os jogadores estão treinando a espera do técnico Thiago Oliveira, que passa por um estágio no Bayern de Munique (é amigo do técnico Pepe Guardiola, com quem jogou no Catar). “O Thiago fez um grande trabalho no Sinop no ano passado, chegando inclusive a semifinal do Estadual. Conversamos com ele, explicamos nossos objetivos e ele topou. Está trazendo 23 jogadores e vamos completar o elenco com mais ou menos uns treze garotos da base e aqui da região”, acrescentou Paulo Borges.
A folha salarial ficará em torno de R$ 70 mil mensais para a disputa do certame regional:
– Não vamos fazer besteira. Queremos um trabalho sério, com os pés no chão. Sabemos que estamos bem atrás do Cuiabá e do Luverdense, mas o objetivo é a Série D. Acho que podemos brigar por isso.
Fonte: SportSinop/Valcir Pereira e Craques do Rádio


Foto: Redação/SportSinop
Tecnologia do Blogger.