Amazônia Seguros

Um sábado de decisão, tensões e sobrevivência para os times de MT

Foto: Craques do Rádio - Times de Mato Grosso estão em fase ruins

O futebol de Mato Grosso vive um sábado de grande importância no Campeonato Brasileiro. Nossos três representantes entram em campo precisando vencer, seja para sobreviver ou para reagir em suas respectivas séries.

O primeiro a merecer nossas atenções é o Cuiabá Esporte Clube, que às 15h joga no Estádio Castelão, na capital cearense, contra o Fortaleza (3ª rodada do returno). Seu adversário é o líder do Grupo A da 1ª Fase da Série C, tem a melhor campanha entre todos os times da competição (aproveitamento de 72%) e não perdeu em casa ainda.
O Dourado, estacionado na 8ª colocação (primeiro time fora da zona de rebaixamento), já trocou de técnico duas vezes e vem de um vexame em Aracaju, onde foi goleado por 4×1. Com críticas do treinador à preparação física e acusações de noitadas contra alguns jogadores – que mereceram até duras palavras do presidente Aron Dresch – procura juntar os cacos e busca forças para reagir. Um empate já será considerado grande resultado – VEJA A CLASSIFICAÇÃO DA SÉRIE C.
Logo depois de a bola parar no Ceará a torcida se volta para a Arena Pantanal, onde o Operário faz sua segunda partida em casa pela Série D: em ‘jogo de seis pontos’ vai enfrentar o Rio Branco do Espírito Santo – abrindo o 2º turno. Depois de vencer a primeira (2×0 Comercial-MS), o Tricolor precisa de novo triunfo para seguir vivo na briga por uma vaga na segunda fase.
O jogo começa às 18h e a diretoria repete as promoções do sábado anterior: ingressos custando apenas R$ 10 e R$ 5 com crianças até 12 anos de idade entrando de graça e mulheres pagando só meia-entrada. A venda antecipada segue na Casa dos Esportes Várzea-grandense e, neste sábado, além da bilheteria do Ginásio Aecim Tocantins um posto de venda também vai funcionar na entrada do setor Leste da Arena, local destinado à torcida operariana – VEJA A CLASSIFICAÇÃO DA SÉRIE D.
Fechando este sábado de ‘decisões’ para o nosso futebol a bola vai rolar no Estádio Romildo Ferreira, em Mogi Mirim, interior paulista. Derrotado na Arena pelo Vitória o Luverdense não consegue se livrar do 16º lugar na Série B. Primeiro time fora do Z4 faz campanha pífia e busca pontos tendo como meta apenas “não cair”.
Seu adversário que está ainda pior – é o penúltimo colocado – tem como ‘incentivo’ para este jogo a despedida do seu maior ídolo, o pentacampeão do mundo Rivaldo (43 anos). Pela posição do LEC na tabela de classificação é um jogo que também pode ser considerado de ‘seis pontos’, pois enfrenta um adversário direto na zona do perigo – VEJA A CLASSIFICAÇÃO DA SÉRIE B. O jogo fecha o 1º turno.
Fonte: SportSinop/Valcir Pereira       e Craques do Rádio        

Fotos: Redação/SportSinop
Tecnologia do Blogger.