Amazônia Seguros

Helmute cita ‘insistência’ em Rocha ao falar sobre crescimento do time

Foto: Assessoria/Arquivo - Rocha e Helmute: Luverdense vivendo bom momento.
A melhora do Luverdense na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro da Série B se deve muito pela manutenção do técnico Júnior Rocha quando os resultados não eram os esperados. Esta é a avaliação do presidente do clube, Helmute Lawisch, que ‘bancou’ a insistência com o treinador.

– Só se demite treinador quando você não confia no trabalho do profissional. No pior momento do Luverdense nesta Série B, muita gente pedia para demitir o Júnior Rocha. Até mesmo pessoas daqui de Lucas do Rio Verde queriam a cabeça dele (Rocha). Não é de hoje que conheço o Júnior e de sua capacidade. Hoje estamos colhendo os frutos de não ter tomado uma decisão precipitada, errada”, afirmou o dirigente.
O Luverdense chegou a entrar na zona do rebaixamento e hoje é o 10º colocado da Série B com 38 pontos ganhos – 8 pontos abaixo do G4. A reação veio no returno: 4 vitórias em 8 jogos, com três empates e apenas uma derrota.
Diante do bom momento, no clube há uma confiança de que o time pode ir mais longe. Mas o presidente prefere a cautela:
– Não podemos nos contaminar com tanto entusiasmo.A realidade é que a Série B é um campeonato difícil e muito equilibrado. O que queremos nesse primeiro momento é somarmos os pontos que nos livram de qualquer ameaça de queda. Depois vamos pensar jogo a jogo, frisou Helmute.
No sábado, pela 28ª rodada, o Verdão do Norte recebe o Bahia às 20h no Passo das Emas.
Fonte: SportSinop/Valcir Pereira  e Com Luiz Esmael, do jornal A Gazeta              
Fotos: Redação/SportSinop
Tecnologia do Blogger.