Vitória frente ao Criciúma em Santa Catarina, permite sonho do Luverdense: 01 à 00

Foto: Craques do Rádio - Lance da vitória do LEC sobre o Criciúma fora de casa

Ao vencer o Criciúma por 1×0 em Santa Catarina na noite deste sábado o Luverdense espantou de vez o perigo da ‘zona de baixo’ e reforçou uma motivação a mais para o restante da Série B deste ano (faltando 11 rodadas). Soma 38 pontos ganhos, 8 abaixo do G4, e ainda pode sonhar em encostar no grupo que busca o acesso para a Série A.


Foi a segunda vitória consecutiva do Luverdense, 10º colocado, que no próximo sábado à noite vai receber o Bahia no Estádio Passo das Emas. O Criciúma, 13º colocado com 34 pontos, joga sexta-feira em BH contra o América-MG.
O jogo
A equipe carvoeira começou melhor e, aos 12 minutos, Hugo armou boa jogada e viu Neto Baiano livre na área, mas o atacante não conseguiu alcançar o passe. Aos 20, Natan tocou para Hugo chutar forte na direção do gol para fora.
Os adversários responderam pouco depois. Aos 22, Diego Rosa recebe passe do lado direito e finalizou por cima da meta. Com 25 jogados, Alípio tocou para Tozin, e Guilherme Santos apareceu para cortar no momento certo.
O volante Marcos Assunção, de 39 anos e que estrou recentemente pelo Criciúma, sentiu incômodo na coxa direita aos 26 minutos e acabou sendo retirado do campo de maca, sendo substituído por Barreto.
Os catarinenses tiveram outra boa chance aos 40, em chute de Hugo no canto esquerdo da meta. Aos 42, Natan invadiu a área e bateu para defesa do goleiro Edson Kölln. Neto Baiano ainda reclamou por não ter recebido passe do companheiro.
Os donos da casa assustaram novamente aos dez minutos, em finalização de Hugo desviada espalmada por Edson. Na sequência, o atacante ficou com rebote após cobrança de escanteio e carimbou a trave.
A partida teve lance polêmico aos 15. Neto Baiano deu voleio dentro da pequena área, e a bola tocou a mão de zagueiro adversário, mas o árbitro Raphael Claus não viu irregularidade.
O Luverdense conseguiu abrir o placar aos 27 minutos. Diego Rosa recebeu passe dentro da área e, com tranquilidade, driblou o goleiro e finalizou para balançar as redes.
O Criciúma tentou responder aos 32. Natan fez boa jogada dentro da área e chutou forte, mas Edson executou a defesa.
A situação ficou mais fácil para a equipe carvoeira a partir dos 38 minutos, quando Revson recebeu o segundo cartão amarelo por reclamação e acabou expulso. Aos 40, o Tigre aproveitou os espaços, e Dudu recebeu na linha de fundo, cortou o zagueiro e chutou cruzado, perto da trave adversária, desperdiçando a última chance de empate.
FICHA TÉCNICA
CRICIÚMA X LUVERDENSE
Local: Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC)
Data: 19 de setembro de 2015, sábado
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Fábio Rogerio Baesteiro (SP)
Cartões amarelos: Tozin, Revson (Luverdense)
Cartão vermelho: Revson (Luverdense)
Gols:
LUVERDENSE: Diego Rosa, aos 27min do 2º tempo
CRICIÚMA: Luiz; Maicon Silva, Adalberto, Wanderson e Guilherme Santos; Marcos Assunção (Barreto), Wellington (Marcão), Natan e Rodrigo (Dudu); Hugo e Neto Baiano
Técnico: Dejan Petkovic
LUVERDENSE: Edson, Raul Prata, Everton, Lázaro e Paulinho (Revson); Muralha, Osman e Diego Rosa (Clayson); Lucas Fernandes (Adriano da Matta), Alipio e Tozin
Técnico: Júnior Rocha
Fonte: SportSinop/Valcir Pereira               e Com o site Gazeta Esportiva

Fotos: Redação/SportSinop
Tecnologia do Blogger.