De elite: com Arena lotada e mosaico, Vitória vence o LEC e volta à Série A: 03 à 00

Foto Arquivo SportSinop - LEC teve mais uma derrota

Vamos subir Nêgo. Foi assim que os 41,379 mil torcedores que estiveram presentes neste sábado na Arena Fonte Nova anunciaram a volta do Vitória à primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Materializado em mosaico nas arquibancadas, o grito, ecoado antes mesmo do jogo contra o Luverdense começar, não era mais um pedido, mas uma certeza. A convicção da torcida se comprovou dentro campo. Com gols de Escudero, Kanu e Elton, o Rubro-Negro bateu o Verdão do Norte por 3 a 0 e confirmou a presença na elite do futebol brasileiro.

Saiba mais:

Com a vitória, o Vitória foi a 66 pontos e subiu para a segunda posição na tabela, atrás apenas do campeão Botafogo. Sem pretensões alguma no campeonato, o Luverdense continua onde estava antes desta partida, com 51 pontas, na 10º posição na tabela da Série B.
 
Em festa, o Vitória encerra a sua participação na Série B contra o Santa Cruz, em partida marcada para o próximo sábado, no Arruda, em Recife, às 17h30 (horário de Brasília). O Luverdense, por sua vez, fará seu último jogo na competição um dia antes, na sexta-feira, contra o Mogi Mirim, no estádio Passo das Emas, em Mato Grosso, às 21h30.

Kanu comemora gol do vitoria contra o Luverdense (Foto: Felipe Oliveira / Estadão Conteúdo)Kanu comemora gol do vitoria contra o Luverdense (Foto: Felipe Oliveira / Estadão Conteúdo)


Primeiro tempo de futebol...do Luverdense
Jogo fácil? Que jogo fácil? Quem esperou que iria ver o Vitória ter o domínio do primeiro tempo e encurralar o Luverdense se enganou. Nervoso em campo, o Leão abusou de errar passes e, consequentemente, pouco criou. A melhor oportunidade foi um chute torto de fora da área de Vander, aos 26 minutos. Se não conseguia atacar, o Rubro-Negro dava espaços. Nem aí com o caldeirão na Fonte Nova, o Luverdense, mais à vontade, teve o domínio do jogo e criou as melhores chances de gols. Aos 15 minutos, Lucas bateu firme para ótima defesa de Gatito Fernández.  Aos 34, Assuério aproveitou erro de Kanu, entrou na área, mas Diego Renan conseguiu cortar e salvar.

Outro tempo, outra história
Parecia outro time. Com uma postura completamente diferente no segundo tempo, o Vitória retomou o domínio do jogo na etapa final e não deixou o Luverdense respirar. Liderado pelo meia Escudero, o time fez pressão desde o primeiro minuto da etapa final no Verdão do Norte, que pouco conseguiu fazer. Após seguidas oportunidades de gol perdidas, entre elas uma cabeçada livre na pequena área de Elton, o Vitória chegou ao seu primeiro gol em cobrança de falta de Escudero. Daí em diante, a pressão só aumentou. Kanu, fazendo as vezes de centroavante, aproveitou cruzamento na área e ampliou aos 19. Para completar a noite com chave de ouro, Elton, em lindo voleio, fechou o placar aos 25. 

Fonte: SportSinop/Valcir Pereira         e Por Salvador
Fotos: Redação/SportSinop

Tecnologia do Blogger.