Câmara Municipal

Câmara Municipal

Eduardo muda discurso do Cuiabá e pede algo a mais aos jogadores

Foto: Pedro Lima/Cuiabá Esporte Clube - Eduardo Henrique, treinador do Cuiabá

O treinador Eduardo Henrique não sabe até quando irá permanecer à frente do Cuiabá, mas chegou com discurso diferente do antecessor Flávio Araújo, que pediu demissão neste domingo após campanha ruim na Série C do Brasileiro. Se antes o Dourado só pensava no G-4, agora a meta é a luta contra o rebaixamento. Com apenas 6 pontos, o clube tem só um a mais que o River-PI, último colocado, justamente o adversário do Dourado neste domingo. 

- Temos que olhar nossa realidade. Nossa luta real no momento é contra o descenso. Vamos enfrentar um adversário direto. Em casa temos que vencer. A tabela está aí, não temos para onde fugir. Não adianta pensar no alto da tabela sem antes vencer e subir. Dar uma guinada - disse Eduardo Henrique. 
Prestigiado pela diretoria, o treinador assume interinamente, mas tem chances de ser efetivado. Por ora, ele pede mais vontade e deve realizar mudanças no time. 
- Esse é um momento que é preciso se doar um pouco a mais. Não que o time não venha fazendo isso, mas precisamos muito dessa vitória. Estamos criando bastante oportunidade, mas falta concluir. Estou motivado para tentar a recuperação do Cuiabá. Enquanto a diretoria achar que eu devo ficar, darei o meu melhor e vou tentar extrair o melhor dos atletas para sair dessa má fase. 
Cuiabá e River-PI jogam neste domingo, às 15h, na Arena Pantanal, pela 9ª rodada da Série C do Brasileiro. 
Cuiabá - treinos (Foto: Pedro Lima/Cuiabá Esporte Clube)Cuiabá - treinos (Foto: Pedro Lima/Cuiabá Esporte Clube)
Fonte: SportSinop/Valcir Pereira         e Por Cuiabá, MT
Fotos: Redação/SportSinop
Tecnologia do Blogger.