Em jogo com lances polêmicos, Cuiabá sofre a virada para o São Paulo e amplia sequência sem vitórias: 2 à 1

Foto: Olharesportivo - São Paulo e Cuiabá

O Cuiabá visitou o São Paulo e perdeu mais uma no Brasileirão. No Morumbi, o Tricolor venceu o Dourado de virada por 2 a 1, pela sexta rodada do campeonato. Com o resultado, a equipe paulista chegou aos 11 pontos e aparece momentaneamente na terceira posição. O Dourado é o 13º colocado, com sete pontos.

O time auriverde chega a seis jogos seguidos sem vencer, com quatro derrotas e dois empates. O próximo desafio pela Série A é diante do Internacional, em casa, no próximo sábado (21). Antes disso, o Dourado visita o River Plate para cumprir tabela na Sul-Americana, nesta quarta-feira (18), às 18h15.

O jogo

O São Paulo teve o domínio do jogo no primeiro tempo, acumulou chances, mas não foi efetivo e viu o Dourado largar na frente. Logo aos quatro minutos, Calleri recebeu cruzamento rasteiro, fez o desvio e Walter apareceu para evitar o gol. Mais tarde, Arboleda teve duas oportunidades pelo alto, a primeira esbarrou no poste e a segunda parou em mais uma defesa do goleiro auriverde. O Tricolor permaneceu no ataque e voltou a assustar com Patrick.

No entanto, aos 32 minutos, depois de um vacilo da defesa adversária, Alesson levou o Cuiabá ao ataque, o atacante carimbou a trave e no rebote Jenison fez 1 a 0. Correndo atrás do prejuízo, os mandantes seguiram pressionando. Arboleda tentou mais uma pelo alto e de novo parou nas mãos de Walter. Calleri e Luciano também tiveram oportunidades, mas não conseguiram levar o empate para o intervalo.

Depois das conversas nos vestiários, o São Paulo voltou com uma postura ainda mais agressiva para a etapa final. Antes mesmo dos 15 minutos, Patrick, Calleri e André Anderson chegaram com perigo. Até que, aos 18, André Anderson apareceu de novo dentro da área e sofreu a falta. Com a bola na marca da cal, Calleri cobrou a penalidade com segurança para deixar tudo igual.

Na sequência, o Dourado passou a jogar com um a menos após expulsão de Jonathan Cafu. Em vantagem numérica, o Tricolor aumentou a pressão. Alisson e Reinaldo ficaram no quase. Mas, aos 36, Nikão aproveitou uma sobra, após jogada de Rigoni, e soltou a bomba, a bola ainda desviou no meio do caminho e foi morrer no fundo das redes.


































 
























































Tecnologia do Blogger.