Câmara Municipal

Câmara Municipal

Com dois de Rodrigão, Coritiba vence o Cuiabá no Couto Pereira: 2 à 1

Foto: Globoesporte.com - Lance de Curitiba e Cuiabá

Na estreia de Rafinha e Escudero, Rodrigão acaba com jejum de dois jogos para derrubar um dos últimos invictos na Série B do Brasileiro.

Estádio cheio, estreias esperadas, jogo movimentado e artilheiro inspirado. Os ingredientes para um bom jogo estiveram todos na vitória de 2 a 1 do Coritiba sobre o Cuiabá, na manhã deste sábado, pela quinta rodada da Série B. Rodrigão fez o papel do artilheiro inspirado, com um gol recebendo assistência do estreante Rafinha e outro de cabeça. 

A primeira derrota do Cuiabá foi vendida bem cara. 

O time mostrou muita força ofensiva no segundo tempo, marcando com Junior Todinho, mas sem contar com uma atuação tão inspirada de sua estreia, o meia Escudero, que não jogava desde 2017. 

A partida foi quente até o último minuto, quando o Cuiabá ainda teve grande chance aos 49 minutos, que fez os mais de 39 mil torcedores do Couto respirarem fundo até o fim.

Foto: Globoesporte.com - Lance de Curitiba e Cuiabá

  • Como fica?
    Com o resultado, o Coritiba sobe para a quinta colocação, com oito pontos. O Cuiabá cai para a sexta posição, também com oitos pontos. Os dois times ainda podem perder posições com a conclusão da quinta rodada
  • Primeiro tempo
    • O jogo começou em velocidade, com o Cuiabá não levando nada em conta. Nem estádio cheio, nem Rafinha e nem nada. A intenção era marcar um gol, que ficou perto com Junior Todinho. Em poucos minutos, ele apareceu duas vezes com perigo dentro de gol. Ao invés de se assustar, o Coritiba se empolgou, e a partida ganhou em velocidade. Nesse ritmo, Rafinha apareceu pela primeira vez em uma jogada individual, fazendo o corte na marcação e batendo para o gol. Mas ele estava impedido. Na sequência, na tabela de Rafinha e Rodrigão, o artilheiro do Coritiba marcou chutando quase sem ângulo aos 10 minutos de jogo. Depois do gol, os dois times acuaram. O Cuiabá pareceu ter ficado com medo de dar tanto espaço, e o Coritiba se fechou feliz com o resultado. Chance mesmo só de bola parada, no fim, quando Junior Todinho quase marcou de cabeça após cobrança de falta.
    • Segundo tempo
      • O Cuiabá veio para o segundo tempo com a intenção de mudar a situação. Itamar Schulle fez duas substituições. A saída do volante Marino par aa entrada do atacante Caio Dantas foi providencial. O time passou a mandar no jogo, ser muito mais rápido e perigoso. Antes do gol de Junior Todinho, em contra-ataque muito bem organizado, o time já vinha assustando. A reação do Coritiba foi também fazer duas trocas tirando o meia Giovanni para a entrada de juan Alano, além de uma troca de volantes: Vitor Carvalho sai e Matheus Sales entrou. As alterações do Coxa não surtiram o efeito como do Cuiabá, mas o gol veio. Depois de cobrança de falta, Rodrigão encostou a cabeça na bola, que foi suficiente para ela morrer nas redes. O Cuiabá ainda reclamou muito de uma mão na bola de Igor Jesus dentro da área e teve uma grande chance aos 49 minutos, mas tudo ficou como antes.
      • Estreias
        • Os dois times tiveram estreias de peso. Do lado do coritiba, Rafinha fez seu primeiro jogo depois de encerrar seu contrato com o Cruzeiro. Rafinha foi responsável pela assistência do gol de Rodrigão. No Cuiabá, Escudero voltou a jogar depois de quase dois anos. O meia argentino, com passagens por vários times, estava sem jogar desde 2017, quando deixou o Vasco.
        • Atuações
        • Público e renda
          • Público pagante: 37.220
          • Público total:39.252
          • Renda: R$ 424,519,68
        • Próximos jogos
          O Coritiba volta a jogar no dia 3 de junho, segunda-feira, contra o América-MG, no Independência, às 20 horas. No sábado, dia 1 de junho, o Cuiabá recebe a Ponte Preta, na Arena Pantanal, às 19 horas.
        • Fonte: SportSinop/Valcir Pereira e Globoesporte.com/TVCA

          Fotos: Valcir Pereira


Tecnologia do Blogger.