Amazônia Seguros

Cuiabá segue negociação com meia que deve terminar o Paulistão na Ferroviária-SP

Foto:

Felipe Ferreira tem outras propostas, mas possibilidade de reforçar o Cuiabá na Série B continua em alta.


A diretoria do Cuiabá Esporte Clube segue na busca de mais um jogador ofensivo para o elenco. Foi confirmado ao site Olhar Esportivo, os avanços na negociação com o meia Felipe Ferreira, 26 anos, que está na Ferroviária-SP.


A princípio, o jogador recebeu uma proposta da Ponte Preta-SP, que não deu certo. O Cuiabá havia demonstrado interesse e entrou no páreo, sendo uma das melhores ofertas. A Chapecoense também está na briga.


Em contato entre a diretoria do Dourado e a reportagem do Olhar Esportivo, foi informado que o meia terminará o Paulistão e segue em negociação, podendo vir após a competição estadual. “Ele vai concluir o Paulistão na Ferroviária. Estamos em negociação”, disse o vice-presidente do Cuiabá, Cristiano Dresch.


A informação também foi confirmada com a Ferroviária, através do jornalista Rafael Zocco, do portal RCIA, de Araraquara-SP. Ele disse que o negócio está praticamente sacramentado para depois do campeonato, faltando a assinatura do contrato.


No ano passado, pelo CRB-AL, Felipe Ferreira trabalhou com o técnico Marcelo Chamusca, atualmente no Cuiabá. Pela Série B no time alagoano, o atleta fez 24 jogos e seis gols. No último trimestre de 2019, o meia jogou pelo Vasco, na Série A do Brasileiro. Em 2020, pela Locomotiva, ele fez quatro gols em nove jogos no Campeonato Paulista.


Felipe Ferreira foi revelado no Grêmio-RS e também tem passagens por Atlético-GO, Atlético Tubarão-SC, Javos Ivanjica da Sérvia e Taubaté. Nos últimos quatro anos, ele jogou o Paulistão pela Ferroviária, onde tem contrato até 31 de julho de 2021.


Até o momento, todos os seis reforços vieram do futebol paulista, são eles: Everton Sena, Felipe Marques, Jenison, Yago e Fabrício DanielAlém desses, o Cuiabá confirmou em primeira mão ao Olhar Esportivo, a contratação do lateral-esquerdo Romário, vindo do Mirassol-SP.


Por: Pedro Lima / da Redação Olharesportivo e Valcir Pereira/SportSinop

Tecnologia do Blogger.