Amazônia Seguros

Com pênalti mal marcado e dois expulsos, Cuiabá perde invencibilidade no ano: 4 à 2

Foto: Em jogo polêmico e com pênalti mal marcado pela arbitragem, Cuiabá conhece primeira derrota na Série B - AssCom Dourado

Em jogo polêmico no Barradão, Dourado foi derrotado pelo Vitória-BA por 4 a 2 na Série B.




De forma polêmica, o Cuiabá conheceu a sua primeira derrota na Série B do Brasileiro 2020. O Dourado perdeu para o Vitória por 4 a 2 no estádio Barradão e permanece com 14 pontos, no G4, enquanto o time baiano chega aos 13.



Mesmo com mais criação e melhores chances no primeiro tempo, o Cuiabá saiu atrás no placar. Após uma bobeada da zaga, o atacante Léo Ceará recebeu de frente para o goleiro João Carlos e guardou de canhota para o Vitória, aos 28 minutos. O Cuiabá buscou o empate rapidamente, aos 35 minutos, com gol contra do zagueiro Wallace.



Ainda no primeiro tempo, o Vitória ficou à frente novamente. Thiago Carleto cobrou falta com força, e no rebote, o zagueiro João Victor fez o segundo do time baiano, que levou a vantagem para o intervalo.



No segundo tempo, o Cuiabá voltou bem e empatou o jogo aos seis minutos, com gol de cabeça do atacante Maxwell.



Lambança da arbitragem

Aos nove minutos, veio o lance mais polêmico da partida. Em contra-ataque, o meia Marcelinho disputou bola na área do Cuiabá, que foi cortada de forma limpa pelo goleiro João Carlos, mas o árbitro Ronei Candido Alves, de forma errônea, marcou penalidade e aplicou o cartão amarelo para o goleiro. Carleto cobrou e fez o terceiro do Leão.



O Cuiabá tentou buscar o empate, mas aos 24 minutos, o goleiro João Carlos mostrou revolta. O arqueiro do Dourado saiu do gol e fez falta na intermediária, parando o ataque do Vitória, recebendo o segundo amarelo e sendo expulso.



Mudanças no time

Mesmo com um a menos, o técnico Marcelo Chamusca promoveu mudanças para buscar o empate. Além do goleiro Matheus Nogueira, entraram em campo Yago, Ferrugem e Lucas Ramon. Porém, aos 34 minutos, o árbitro expulsou mais um jogador do Dourado, o zagueiro Hélder Maciel, por uma falta no meio campo. Critério que não foi utilizado para o outro lado, apesar de uma expulsão compensatória do meia Marcelinho, aos 37 minutos, que deu uma entrada criminosa no lateral-esquerdo Romário.



O Cuiabá ainda acertou a trave em duas oportunidades, com os volantes Marino e Ferrugem, mas o Vitória matou a partida aos 47 da etapa final, com o atacante Rodrigo Porto.


Próximo jogo

Após dois jogos fora de casa, na próxima rodada o Cuiabá recebe o Figueirense-SC, terça-feira (08), às 20h30 (horário de Mato Grosso), na Arena Pantanal.


Por: Da Redação Olharesportivo e Redação SportSinop


 

Tecnologia do Blogger.