Amazônia Seguros

Ação busca avançar à semifinal pela primeira vez na história

Foto: Ação vence o União por 3 a 1 no jogo de ida das quartas de final do Estadual - Crédito: Gil Gomes/União EC

Equipe de Leverger saiu na frente no confronto das quartas de final.



Depois de levantar a taça da segunda divisão do Mato-grossense em 2020, o Ação busca avançar à semifinal da elite do Estadual pela primeira vez na história. A equipe de Leverger tem um elenco com média de 23 anos de idade e investe na combinação entre juventude e peças experientes para chegar mais longe na competição. No primeiro jogo das quartas de final, disputado neste domingo (25), o Tuiuiú venceu o União pelo placar de três a um, resultado que dá a vantagem de poder ser derrotado por até um gol de diferença na partida de volta para passar de fase.


Em 2021, o Ação faz sua melhor campanha no Mato-grossense. A equipe do técnico Odil Soares ficou em quinto lugar na primeira fase, com um aproveitamento de 51,9% dos pontos. Além disso, o Tuiuiú tem o terceiro melhor ataque da competição, com 19 gols marcados, atrás apenas de Cuiabá e Operário, e uma das defesas menos vazadas do campeonato.


No jogo de ida das quartas de final, o Tuiuiú foi mais preciso que o União e chegou a abrir três a zero no placar. A equipe soube aproveitar as chances criadas, teve mais finalizações a gol e se defendeu de forma segura, principalmente no primeiro tempo.


“Apresentamos um futebol convincente e acima de tudo muito eficiente. Construímos 2 a 0 no primeiro tempo e não podemos acomodar. Conseguimos a vitória, agora é se preparar para mais um jogo muito difícil. Nenhum jogo é igual ao outro, é questão de estratégias. Criamos bastante aqui no Dito Souza, mas na quarta-feira vai ser um jogo diferente, em que o União vai ter que sair um pouco mais. O torcedor pode esperar nossa equipe brigando dentro de campo, honrando a camisa acima de tudo e principalmente buscando as vitórias”, afirmou o técnico da equipe, Odil Soares.


Nesta quarta-feira (28), o Ação visita o União em Rondonópolis, no estádio Luthero Lopes, com o objetivo de chegar entre os quatro primeiros colocados do Mato-grossense pela primeira vez na história.


“Não existe jogo fácil, a equipe faz o jogo ficar fácil. Nós conseguimos, apesar de termos tomado o gol, fazer um jogo muito consistente. Ficamos felizes pelo resultado, vamos fazer alguns ajustes para conseguir essa vaga para a próxima fase”, destacou o treinador.


O Ação, fundado em 2008, quase chegou à fase de mata-mata na temporada 2018, mas foi punido com a perda de três pontos pelo Tribunal de Justiça Desportiva de Mato Grosso (TJD-MT) por infringir o artigo 24 do regulamento, decisão que tirou o time da disputa. Já na parceria com a cidade de Santo Antônio de Leverger desde 2020, o Ação não perdeu nenhuma partida por mais de dois gols de diferença, o que dá ao torcedor motivos para continuar apoiando a equipe na reta final da competição.


“Fizemos uma família bem forte e unida aqui. Independentemente do resultado vamos buscar representar essa camisa com muito orgulho”, finalizou Odil Soares.


Saiba mais: União aposta em desempenho como mandante para avançar à semifinal


Por: Gabriel Barros / Olhar Esportivo e Valcir Pereira/SportSinop

 

Tecnologia do Blogger.