Amazônia Seguros

Projeto de lei que permite o retorno parcial do público aos estádios é aprovado pela AL

Foto: Arena Pantanal no duelo entre Cuiabá e Flamengo, válido pelo Brasileirão 2021 - Alexandre Vidal / Flamengo

Proposta prevê a liberação de 35% da capacidade dos palcos esportivos do Estado; será permitida a entrada apenas de pessoas imunizadas e com teste negativo para a Covid-19.



O projeto de lei do deputado Eduardo Botelho (DEM) que permite o retorno parcial do público aos jogos de futebol em Mato Grosso foi aprovado pela Assembleia Legislativa (ALMT). O governador Mauro Mendes (DEM) já havia afirmado que deve sancionar a proposta, destacando que teve contribuição no desenvolvimento do PL.


O público interessado em comparecer aos estádios deve cumprir os seguintes critérios: exame RT-PCR negativo, realizado no máximo 48 horas antes do evento, ou comprovante de vacinação, sendo dose única ou duas doses, a depender do imunizante recebido. Além disso, o retorno do público não poderá exceder 35% da capacidade do estádio.


Para o governador Mauro Mendes, a proposta visa atender ao interesse coletivo, levando em consideração que outros setores da economia já retornaram às atividades presenciais, além de haver aglomeração em demais espaços e ambientes do Estado.


O futebol brasileiro retornou entre junho e julho de 2020, após ser paralisado por cerca de três meses em razão da pandemia de coronavírus. Desde então, o torcedor não esteve presente nas arquibancadas.


Mesmo com o projeto de lei aprovado, os jogos do Cuiabá pela primeira divisão do Campeonato Brasileiro só terão público nos estádios caso a CBF decida pelo retorno parcial de torcedores na competição pela qual é responsável por organizar.

 

Por: Da Redação Olharesportivo e SportSinop


 

Tecnologia do Blogger.